Ponto de orvalho – Como medir

Ponto de orvalho ou temperatura de orvalho, é a temperatura na qual, uma dada mistura de ar e vapor de água se torna saturada com o vapor. Pode ser entendido como a temperatura que o ar contendo vapor de água, deve ser resfriado para que se torne saturado. Um instrumento pode ser improvisado para ilustrar bem esse conceito e assim medir a temperatura de or­valho do ambiente ou mesmo de uma rede ar respirável. Um recipiente metálico qualquer, com uma das faces polida como um espelho, é cheio de éter etílico. No interior do recipiente coloca-se um termômetro de forma que mesmo fique submerso no líquido. Vamos considerar que a amostra que se deseja medir a temperatura do ponto de orvalho seja de uma rede de ar respirável, mas o procedimento poderia ser utilizado para medir a temperatura de ponto de orvalho ambiente outra amostra qualquer. Utilizando-se de um registro, acionado manualmente, permite-se borbulhar o ar no éter, provocando sua evaporação e com isso a temperatura do éter e da parede do recipiente vão esfriando. A amostra de ar, cujo ponto de orvalho se deseja determinar, em contato com o recipiente metálico vai esfriando também. O termômetro, indica a todo instante a temperatura conjunto (éter, ar da amostra e recipiente metálico). No momento que a face polida começar a embaçar (observação a olho nu) significa que a camada de ar que está em contato com ela atingiu seu ponto de orvalho, cujo valor é lido rapidamente no termôme­tro. Ao fechar o registro do ar, o mesmo deixa de borbulhar no éter e a temperatura do éter começará a subir novamente e o embaçamento desaparecerá e o processo é repetido abrindo-se o registro novamente até obter um valor mais correto da temperatura de ponto de orvalho da amostra.

Para saber mais sobre o assunto, leia o livro Manual de Proteção Respiratória e procure por tutoriais sobre psicrometria.

 

Fontes:

TORLONI, VLADIMIR. Capítulo 12 – Ar Respirável. Manual de proteção respiratória. Publicado por ABHO. Volume 1.