Respirador de linha de ar comprimido, com pressão positiva, pressão negativa, motorizado, capuz, facial e semifacial

Respirador com pressão positiva e negativa
Respirador de pressão positiva: Respiradores que mantém pressão positiva em seu interior comparada com a pressão atmosférica. Essa diferença de pressão compensa falhas de vedação e evita que agentes químicos, biológicos ou mecânicos atinjam as vias superiores do aparelho respiratório do trabalhador, aumentando a proteção efetiva do usuário. Podem ainda ser de fluxo constante dentro da cobertura facial ou de válvula de demanda. São respiradores de pressão positiva os respiradores de linha de ar comprimido, os respiradores motorizados e as máscaras autônomas de pressão positiva.
 
Respiradores de linha de ar comprimido: Equipamento que fornece às vias respiratórias do usuário ar proveniente de uma fonte externa através de tubulações e mangueiras. Estes equipamentos são compostos ainda de um painel filtrante, mangueiras de ar comprimido, reguladores de pressão e vazão, traqueias e coberturas faciais, que podem ser capuz, capacete ou peça tipo semifacial ou facial inteira. São também conhecidos como respirador de linha de ar mandado ou simplesmente sistema de ar mandado. Possuem excelente custo benefício porém necessitam da implantação de uma rede de ar comprimido adequada a finalidade.
Respirador de Adução de Ar

 

Respirador Motorizado: Equipamento que fornece ar purificado às vias respiratórias do usuário, filtros mecânicos – por retenção física de particulados ou filtros químicos, podendo ser combinados (filtro mecânico e químico). O fluxo de ar é gerado por uma unidade turbo (ventoinha) presa ao usuário e é levada às vias respiratórias do usuário através de traqueia. São também conhecidos como respirador de ar forçado. Quando utilizado com máscara semifacial possui fator de proteção 50 e quando utilizado com máscara facial inteira possui fator de proteção 1000 (Tabela 1 – PPR Fundacentro). São sistemas caros para se implantar e se manter quando comparados com respiradores de linha de ar comprimido.
 
Respiradores de pressão negativa: São respiradores que durante a inalação, a pressão do ar dentro da peça facial fica menor do que a atmosfera, forçando o ar externo a passar pelo respirador. Essa diferença de pressão é provocada pelo esforço dos pulmões na inalação. Pode ser inviável em aplicações onde a vedação facial não seja confiável ou a presença dos riscos respiratórios possam ter contato com as vias aéreas superiores.
 
Cobertura facial tipo capacete sem vedação facial: Peça facial composta por capacete e visor, acoplado ao capacete, basculante, com material elástico para ajuste leve do visor ao rosto do usuário. Normalmente oferecem fator de proteção 1000, segundo o Programa de Proteção Respiratória – Fundacentro, Tabela 1.
Capuz – Fluxo Contínuo

 

Cobertura facial tipo capuz: Cobertura facial tipo capuz: Capuz de material específicos, com dupla aba ou colar interno, que oferece maior vedação das vias respiratórias do usuário. A norma que cobre esse tipo de EPR é a NBR 14749 Equipamento de proteção respiratória – Respirador de adução de ar – Respirador de linha de ar comprimido com capuz.
Claudinei Machado
CoFundador da Breathe Sistemas de ar respirável